Passo a Passo.

Passo a Passo.

Passo a passo, a vida vai ditando cada passo.
Caso a caso, a vida vai citando cada caso, passo a passo.
Sempre de olho na alma, de olho na fauna.
Fauna interior, cheia de criaturas dóceis e selvagens, de canários e bestas.
Com calma, a fauna interior vai se revelando, vai se rebelando, vai se mostrando como a alma é.
Passo a passo.
Canários voam em direção ao nascente, carentes de luz e...
Bestas mancam em direção ao poente, com ardente dissabor.
Prontas para devorarem as estrelas que surgem no céu que vai escurecendo, passo a passo. E as almas assombradas pelas bestas, como num toma lá dá cá, vão assombrando as almas penadas, que, passo a passo, vão tomando seu rumo.
Aquelas almas que se agarram às estrelas que restam no céu se salvam das bestas e encontram a luz, e vão para a luz e lá descansam eternamente, e passo a passo encontram o repouso eterno, até, passo a passo, nascerem de novo e enfrentarem as bestas da vida, de toda a vida. Passo a passo, passo a passo, passo a passo, passo a passo...

Ana Maria Basso
Sem Comentários

Deixe o primeiro comentário

Todos os direitos reservados