De volta depois de meses ausente, não sei porquê. Talvez correria desta vida, talvez falta de inspiração, talvez eu esteja me sentino só... escrevo geralmente quando me sinto só. Uma solidão inspiradora, diga-se de passagem.
Sem Comentários

Deixe o primeiro comentário

Todos os direitos reservados