Santorini, a segunda ilha grega do nosso roteiro. Linda de viver!


Chegamos a Santorini vindos de Milos por mar. A viagem foi rápida, em torno de uma hora e meia. No porto, alugamos um carro numa das várias agências alí mesmo. 
A primeira impressão é mesmo de deslumbramento, aquele mar azul, a famosa caldeira...
O arquipélago de Santorini foi o que sobrou de uma gigantesca erupção vulcânica e criou a caldeira geológica atual cercada por penhascos íngremes e belos! Sua capital é Fira. Ao norte está Oia (pronuncia-se "ía"), maravilhosa pelo espetáculo que o pôr do sol proporciona, atraindo uma multidão para apreciá-lo. Kamari, Perissa e Perívolos estão na região das praias.

Ilha de Santorini, Grécia.

Santorini, a segunda ilha grega do nosso roteiro. Linda de viver!


Chegamos a Santorini vindos de Milos por mar. A viagem foi rápida, em torno de uma hora e meia. No porto, alugamos um carro numa das várias agências alí mesmo. 
A primeira impressão é mesmo de deslumbramento, aquele mar azul, a famosa caldeira...
O arquipélago de Santorini foi o que sobrou de uma gigantesca erupção vulcânica e criou a caldeira geológica atual cercada por penhascos íngremes e belos! Sua capital é Fira. Ao norte está Oia (pronuncia-se "ía"), maravilhosa pelo espetáculo que o pôr do sol proporciona, atraindo uma multidão para apreciá-lo. Kamari, Perissa e Perívolos estão na região das praias.
Leia Mais
A Stoa de Átalos, linda de viver, é uma estrutura de dois andares com colunas duplas de mármore e aqui, no século II, foi ponto de encontro dos atenienses para compras e reuniões. Hoje funciona como um museu e podemos encontrar muitas peças recolhidas da Ágora. Foi restaurado na década de 50(1950) e fica no centro de Atenas.


Atenas, Grécia. Final.

A Stoa de Átalos, linda de viver, é uma estrutura de dois andares com colunas duplas de mármore e aqui, no século II, foi ponto de encontro dos atenienses para compras e reuniões. Hoje funciona como um museu e podemos encontrar muitas peças recolhidas da Ágora. Foi restaurado na década de 50(1950) e fica no centro de Atenas.


Leia Mais




Depois de Atenas, Milos foi a primeira ilha grega a ser visitada. Deslumbrante!
Praia de Tsigrado.

Ilha de Milos, Grécia.





Depois de Atenas, Milos foi a primeira ilha grega a ser visitada. Deslumbrante!
Praia de Tsigrado.
Leia Mais


Hoje era dia de "mais" Museus!
Nosso hotel ficava bem próximo ao Museu Arqueológico Nacional, este, um dos mais importantes museus de antiguidades do mundo. Atualmente, o Museu abriga mais de 20 mil peças que oferecem um abrangente panorama da civilização grega desde seus primórdios na Pré- História até a Idade Antiga. Peças lindas estão expostas aqui. 

Atenas, Grécia.



Hoje era dia de "mais" Museus!
Nosso hotel ficava bem próximo ao Museu Arqueológico Nacional, este, um dos mais importantes museus de antiguidades do mundo. Atualmente, o Museu abriga mais de 20 mil peças que oferecem um abrangente panorama da civilização grega desde seus primórdios na Pré- História até a Idade Antiga. Peças lindas estão expostas aqui. 
Leia Mais
Após descermos da Acrópole e visitar o Museu de mesmo nome,  seguimos para outro sítio arqueológico, a Biblioteca de Adriano, um presente do Imperador Romano ao povo de Atenas. A construção data de 134 A.C. Este sítio fica bem próximo à praça Monastiraki.

 Ruinas da Biblioteca de Adriano.
 O anoitecer nas ruinas da Biblioteca de Adriano.

 Esta é a estatua da Atena Nike, na Biblioteca de Adriano.
 A Ruinas da Biblioteca de Adriano.
Na Praça Monastiraki começa o mercado de Pulgas de Atenas. Aqui você encontra lojas de antiguidades, várias lojinhas de souvenirs, lojas de livros antigos, roupas usadas, restaurantes, sorveterias, ... enfim, de tudo um pouco e o preço pode ser negociado. 
 À noite, vários artistas de rua fazem seus shows por aqui. Nos fins de semana há shows de música ao vivo também.
Aqui estamos nas ruas de Plaka, um antigo bairro do centro histórico de Atenas, fica no sopé da encosta oriental da Acrópole.



 Esse milho assado é DIVINO!


 Adivinha o que estou comprando? CHOCOLATES! Sim, aqui também tem essa iguaria deliciosa!
Voltamos para o hotel cansados, mas encantados com Atenas! Tanta história vivida ao vivo e a cores... No dia seguinte visitaríamos o Museu Arqueológico Nacional, o Museu do Carro, a Ágora de Atenas e o Templo de Zeus Olímpico.

Atenas, Grécia.

Após descermos da Acrópole e visitar o Museu de mesmo nome,  seguimos para outro sítio arqueológico, a Biblioteca de Adriano, um presente do Imperador Romano ao povo de Atenas. A construção data de 134 A.C. Este sítio fica bem próximo à praça Monastiraki.

 Ruinas da Biblioteca de Adriano.
 O anoitecer nas ruinas da Biblioteca de Adriano.

 Esta é a estatua da Atena Nike, na Biblioteca de Adriano.
 A Ruinas da Biblioteca de Adriano.
Na Praça Monastiraki começa o mercado de Pulgas de Atenas. Aqui você encontra lojas de antiguidades, várias lojinhas de souvenirs, lojas de livros antigos, roupas usadas, restaurantes, sorveterias, ... enfim, de tudo um pouco e o preço pode ser negociado. 
 À noite, vários artistas de rua fazem seus shows por aqui. Nos fins de semana há shows de música ao vivo também.
Aqui estamos nas ruas de Plaka, um antigo bairro do centro histórico de Atenas, fica no sopé da encosta oriental da Acrópole.



 Esse milho assado é DIVINO!


 Adivinha o que estou comprando? CHOCOLATES! Sim, aqui também tem essa iguaria deliciosa!
Voltamos para o hotel cansados, mas encantados com Atenas! Tanta história vivida ao vivo e a cores... No dia seguinte visitaríamos o Museu Arqueológico Nacional, o Museu do Carro, a Ágora de Atenas e o Templo de Zeus Olímpico.

Leia Mais
Depois de viajarmos pela Península Ibérica por 15 dias e dois dias descansando em Barcelona, era hora de conhecermos a Grécia. Gilmar e eu pegamos um vôo da Alitalia, com conecção em Roma, em direção a Atenas. Ao chegarmos no aeroporto, pegamos um ônibus até a praça Sintagma, principal praça da cidade, e de lá, um taxi até nosso hotel. A primeira impressão da cidade tida como o berço do pensamento político e filosófico da civilização ocidental foi a melhor possível.
Atenas é uma das cidades mais antigas do mundo. Sua história está mais viva do que nunca, com monumentos e obras de arte espalhados pela cidade. A Acrópole, com o Parthenon no topo, foi um templo dedicado a deusa grega Atena, construído no século V antes de Cristo. É visto como um dos principais monumentos culturais da história da humanidade. É o símbolo da Democracia.





Outros templos faziam parte da Acrópole. Este é o Erecteion, com seu balcão das Cariátides, com esculturas de mulheres no lugar de colunas. Essas são cópias das originais, que estão no Museu da Acrópole. 

A linda cidade de Atenas e o Templo de Zeus ao fundo. Uma vista magnífica da Acrópole.
 O Teatro Grego.

 A Ágora Antiga vista da Acrópole.

A porta de entrada da Acróploe, o Propileu.

 Lá em cima, à direita, com quatro colunas, está o Templo de Atena Nike, símbolo da vitória.
O teatro de Dionísio, Deus do Vinho. Nas grandes festas anuais em sua honra é que os cantos, rituais, danças e sacrifícios resultaram em representações teatrais. Por isso é considerado o berço do teatro ocidental e da tragédia.



Depois de visitarmos a Acrópole, seguimos para o Museu, situado a sudoeste da colina, num nível inferior ao Parthenon.


Atenas é um grande parque arqueológico. Em vários lugares da cidade nos deparamos com sítios assim. Este está na entrada do Museu da Acrópole.

 Como era a Acrópole na Grécia antiga.
Essas são as estátuas originais das mulheres do templo de Erecteion, as Cariátides, como eu havia citado acima.
 As originais, guardadas no museu da Acrópole, protegidas do tempo.










Próximo post, mais de Atenas.

Atenas, Grécia.

Depois de viajarmos pela Península Ibérica por 15 dias e dois dias descansando em Barcelona, era hora de conhecermos a Grécia. Gilmar e eu pegamos um vôo da Alitalia, com conecção em Roma, em direção a Atenas. Ao chegarmos no aeroporto, pegamos um ônibus até a praça Sintagma, principal praça da cidade, e de lá, um taxi até nosso hotel. A primeira impressão da cidade tida como o berço do pensamento político e filosófico da civilização ocidental foi a melhor possível.
Atenas é uma das cidades mais antigas do mundo. Sua história está mais viva do que nunca, com monumentos e obras de arte espalhados pela cidade. A Acrópole, com o Parthenon no topo, foi um templo dedicado a deusa grega Atena, construído no século V antes de Cristo. É visto como um dos principais monumentos culturais da história da humanidade. É o símbolo da Democracia.





Outros templos faziam parte da Acrópole. Este é o Erecteion, com seu balcão das Cariátides, com esculturas de mulheres no lugar de colunas. Essas são cópias das originais, que estão no Museu da Acrópole. 

A linda cidade de Atenas e o Templo de Zeus ao fundo. Uma vista magnífica da Acrópole.
 O Teatro Grego.

 A Ágora Antiga vista da Acrópole.

A porta de entrada da Acróploe, o Propileu.

 Lá em cima, à direita, com quatro colunas, está o Templo de Atena Nike, símbolo da vitória.
O teatro de Dionísio, Deus do Vinho. Nas grandes festas anuais em sua honra é que os cantos, rituais, danças e sacrifícios resultaram em representações teatrais. Por isso é considerado o berço do teatro ocidental e da tragédia.



Depois de visitarmos a Acrópole, seguimos para o Museu, situado a sudoeste da colina, num nível inferior ao Parthenon.


Atenas é um grande parque arqueológico. Em vários lugares da cidade nos deparamos com sítios assim. Este está na entrada do Museu da Acrópole.

 Como era a Acrópole na Grécia antiga.
Essas são as estátuas originais das mulheres do templo de Erecteion, as Cariátides, como eu havia citado acima.
 As originais, guardadas no museu da Acrópole, protegidas do tempo.










Próximo post, mais de Atenas.
Leia Mais
Todos os direitos reservados