Jordânia.

Março 2014.

Deserto de Wadi Rum 

Foram várias as vezes que postei fotos do nascer ou por do sol nesta viagem e sempre escrevendo... "... o por do sol mais bonito que já vi..."

Era hora de deixar Israel. Nosso guia Uffir nos levou até a fronteira de Israel com a Jordânia, em Eilat, no extremo sul de Israel. A cidade está às margens do Mar Vermelho e é um importante centro turístico por causa das belezas naturais e dos recifes de corais da região.
Nos despedimos de Uffir. Foi incrível tê-lo como guia durante todos esse dias que passamos em Israel. Ele sabe "tudo"! A fronteira é seca, mas muito bem guardada. Do outro lado, outro guia já nos aguardava para nos levar pelas terras da Jordânia.

A Jordânia é um país do oriente Médio, limitado a norte pela Síria, a leste pelo Iraque e a sul pela Arábia Saudita e a oeste pelo Golfo de Aqaba (através do qual faz fronteira marítima com o Egito) e por Israel e pelo território palestino da Cisjordânia. Sua capital é Amã. (wikipédia)
Sua forma de governo é a monarquia, seu rei é Abdalá II. Ele enfrenta o desafio de controlar o fundamentalismo islâmico e manter o equilíbrio entre a maioria palestina e as tribos beduínas, naturais do país e que dominam o exército. A maior parte de sua área territorial é deserto.
Denise e mamãe.


Depois de almoçarmos em Aqaba, cidade costeira no sul da Jordânia, seguimos para o Deserto de Wadi Rum, "O Vale da Lua", que fica distante 60 km. Fomos na nossa nova "van" e com um guia que falava português! Casado com uma gaúcha, ele trabalha no Jordânia e de vez em quando se encontra com a esposa no Brasil. No mínimo interessante.

Aqui foi filmado cenas de Lawrence da Arábia. Na década de 1980, uma das formações rochosas em Wadi Rum foi batizada de "Os Sete Pilares da Sabedoria" em memória do livro que Lawrence escreveu logo após o término da Primeira Guerra Mundial. O turismo de eco-aventura faz muito sucesso na região e hoje é a principal fonte de renda do local com escaladores e trakkers.
 O Vale da Lua.

 
 
A estrada.

Depois do Deserto, era chegada a hora de Petra. MARAVILHOSA PETRA.
Próximo e último post sobre essa viagem que foi uma das mais incríveis que já fiz.


4 comentários

4 comentários

  1. Muito legais as fotos!! Estou adorando!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse lugar é único no planeta, Clarissa. Espero que vá conhecê-lo um dia.
      Bjs.

      Excluir
  2. Aninha, querida, mais um blog seu, mais um comentário sobre a nossa viagem maravilhosa! Como é bom saber que teremos, graças à você, essa lembrança para guardarmos para todo sempre! Parabéns! Tudo muito bem explicado e lindo! As fotos maravilhosas! Beijos da mami! Amo você!

    ResponderExcluir

Todos os direitos reservados