Uma alvorada cheia de história.

Março 2014.

Bom dia blog! 
Em Tiberias ficamos hospedados no Shirat Hayam Boutique Hotel, de frente para o Mar da Galiléia. Essas fotos seguintes são do nascer do sol que registrei da janela o meu quarto. Simplesmente de tirar o fôlego.
Saí para caminhar bem cedinho, assim que o sol nasceu e ainda registrei mais essa fotos.
Durante minha caminhada solitária pela orla de Tiberias, me encontrei com Paul, meu cunhado, caminhando para se exercitar. Com uma vista assim, um verdadeiro convite para qualquer exercício.
Tomamos café e nosso guia já nos aguardava para seguirmos viagem para o sul, em direção à Jerusalem, com passagem pelo Parque Nacional de Beit Shean.
Localizado no Vale do Jordão, a "cidade" arqueológica se estende por uma área de 1,5 km, e ainda se pode ver os restos da muralha que a cercava. Alem disso, várias edificações foram descobertas, incluindo um teatro... que ainda é usado para eventos e shows...
Duas magníficas ruas ladeadas por colunas, como pode ser observado ao fundo...
A maior casa de banhos pública encontrada até hoje em Israel...
Denise e eu subimos o morro em meio ao parque... mais de duzentos degraus, mas valeu a pena, a vista de cima é fascinante!

Próxima parada...

Sachne, The Garden of  Three, fonte de águas termais onde passamos a tarde. Para dizer bem a verdade, considerei a água fria para essas "termas".

Jerusalem, here we go!

Sem Comentários

Deixe o primeiro comentário

Todos os direitos reservados