Porto.

Situada na margem direita do Douro, já perto da foz, a cidade do Porto disputa com Lisboa a capital econômica do país, e a honra de ser considerada a mais bonita de Portugal. Seu núcleo histórico é reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Mundial. O que não oferece discussão é o protagonismo que teve durante o processo de criação da nação Lusa. Nesse sentido, não se pode esquecer que o Porto foi o principal centro administrativo do Condado de Portucale, um território que se estendia entre os rios Minho e Douro, e que acabou por dar nome ao que hoje é Portugal.

A Praça da Liberdade e a estátua de D.Pedro IV.

 A Torre da Igreja dos Clérigos.
Um dos monumentos mais representativos da cidade, tem 75 metros de altura e uma escada empinada de 225 degraus, que leva ao topo da construção e  de onde se pode contemplar uma bela vista da cidade. Nós decidimos não subir os 225 degraus... 
O Bondinho do Porto e o Gilmar de Foz.
 Igreja de Santo Antônio dos Congregados.
 Estação de São Bento.
Essa estação ferroviária é celebre pelos seus painéis de azulejos que representam cenas passadas na história de Portugal. Tudo muito lindo!


Outra vista da Igreja de Santo Antônio dos Congregados.
Euzinha e a Igreja dos Congregados ao fundo.
 Igreja de Santo Idelfonso.

 A Igreja dos Clérigos.
 Pegando o bondinho no centro histórico.
 Caminhamos muito pelo centro histórico. A cada esquina uma igreja, um monumento... Porto é linda, cheia de história! Tudo bem preservado.
 Aqui estamos caminhando em direção à Catedral do Porto.
Ao fundo está a Catedral ou Sé do Porto.
É um edifício singular, com aspecto de fortaleza. Está situada no centro histórico da cidade. Caminhamos até ela debaixo de um sol escaldante. 
Aqui é a praça da Sé. Daqui seguimos em direção ao Cais da Ribeira

 Ao fundo já se avista o Cais e o Rio Douro.
 Descendo...
 Curtindo a descida pelas ruas estreitas do centro histórico.
Chegamos na Escada das Verdades.
Essa escada também já foi conhecida com a Escada das Mentiras. Dizem que as mulheres que viviam nas casas a beira das escadas, sentavam-se por ali para conversar. Umas diziam verdades... e outras diziam mentiras... E lendas populares a gente não contradiz. Gilmar, Mariana e eu fomos descendo os degraus da escada, imaginando as mulheres que outrora ali ficavam a falar da vida alheia, dizendo verdades, mentiras...
 
Descemos até chegar no Cais do Porto, às margens do Rio Douro. Um lugar encantador!
Lá no fundo, como pairando no ar está o Teleférico de Gaia. Foi inaugurado em 2011 e liga o centro do Porto ao cais de Gaia. Gaia é um município no distrito do Porto do outro lado do Rio Douro.
Esta  é a Ponte Luis I que liga o Porto à Vila Nova de Gaia. Data de 1886. É toda metálica e tem dois andares.
Construções no Cais da Ribeira. Foi nesta zona da Ribeira e na sua ligação comercial com o Rio Douro que a cidade começou seu franco desenvolvimento. Hoje a região é repleta de bares, cafés e lojinhas repletas de souvenires.

Chegou a hora de seguirmos viagem, agora rumo a Sintra e Fátima.
Sem Comentários

Deixe o primeiro comentário

Todos os direitos reservados