Santiago de Compostela.






Na estrada é assim...
... deu sono, a gente para para um cochilo.
Chegamos em Santiago de Compostela, Espanha, já no fim do dia. Nos acomodamos no hotel e fomos dar um passeio a pé pra conhecer a cidade. A sua parte histórica oferece muitas opções de restaurantes e lojinhas de souvenires. A cidade estava cheia de gente!
 Aqui temos a vitrine de um restaurante oferecendo as opções de mariscos, peixes...
As ruas do centro histórico dão prioridade aos pedestres.  De vez em quando surgia um carro no meio dos transeuntes.
Aqui está a Catedral de Compostela à noite.
Acordamos bem cedo no dia seguinte para conhecer melhor e curtir a cidade. Nosso hotel não oferecia café da manhã, então procuramos uma padaria para o desjejum. 
Olha só a escolha da Mariana. Uma espécie de bomba de chocolate. Hummmm....
Aqui estamos comendo, ainda... eu escolhi uns mini croissants, de chocolate, é claro....
Caminhando pelas ruas da cidade histórica de Santiago, resolvemos dar uma passada no Mercado de Abastos, uma espécie de Mercado Central da cidade, onde se pode comprar frutas, verduras, peixes, mariscos, tudo fresquinho, enfim, é o segundo lugar mais visitado da cidade.
Demais esses mariscos, não?
Comprando uvas fresquinhas e deliciosas...
Maravilha de uva. Docinha...
Depois do mercado, fomos conhecer a Catedral de Santiago de Compostela.
A Catedral estava sendo restaurada, tanto externa como internamente.
Santiago de Compostela é mundialmente conhecida como um dos destinos de peregrinação cristã mais importantes do mundo. A Catedral, em estilo barroco, abriga o túmulo do apóstolo de Jesus Cristo, Santiago Maior. A visita a esse túmulo marca o fim da peregrinação, cujo percurso é chamado de Caminho de Santiago. O centro histórico de Santiago de Compostela é Patrimônio Mundial da UNESCO.
Adoro portas...
Praça dos Abastos.
Mais uma porta de Santiago de Compostela.
Dentro da Catedral.
O Túmulo de Tiago Maior (o mais velho).
Praça do Obradoiro e o Palácio de Raxoi, onde funciona a sede do município e do governo regional da Galiza
Peregrinos que chegam exaustos mas, a cima de tudo, emocionados por terem completado o Caminho de Santiago sentam-se em frente a Catedral e alí ficam a contempla-la, descansando e relembrando, imagino, o que deve ter sido a aventura de suas vidas.
Mariana e eu ali em cima... misturadas na paisagem. 
O Quilômetro Zero de todos os Caminhos de Santiago, na Praça do Obradoiro..
Muitos peregrinos fazem o Caminho de Santiago de bicicleta.
A emoção da peregrina ao centro beijando o quilômetro Zero do Caminho de Santiago.
Essas figuras de homens nus estavam expostas nas sacadas do Palácio de Raxoi e na Praça das Pratarias, na Casa do Cabido, na parte de trás da Catedral.
Casa do Cabido, em estilo barroco,  na Praça das Pratarias. Esse edifício possui muito pouco fundo, construído basicamente para ornamentar a praça.

Mariana em frente ao Palácio de Raxoi.
Para finalizar, flores, muitas flores!
Próxima parada, Catedrales.
Sem Comentários

Deixe o primeiro comentário

Todos os direitos reservados